Expediente

Em respeito à greve geral organizada para esta sexta-feira, 28 de abril, a Exotics Informática não terá expediente amanhã.
Retornamos na terça-feira, 2 de maio, em horário normal: das 9h às 12h e das 13h às 17h30min.

Reforma trabalhista: o que é preciso saber

Crédito da imagem: Regional Press

Enviada pelo presidente Michel Temer ainda em 2016, a reforma trabalhista estabelece pontos que poderão ser negociados entre empregadores e empregados e, em caso de acordo, passarão a ter força de lei.

A justificativa do governo para as mudanças é de que a CLT – Consolidação das Leis do Trabalho, dos anos 1940 – precisa ser atualizada por não conseguir atender a todos os setores da economia. Além disso, alega que as modificações incorporados às leis geram interpretações divergentes e estimulam disputas judiciais.

Na proposta, o governo lista itens que poderão ser negociados entre patrões e trabalhadores. Veja abaixo os principais.

O que poderá ser negociado

– Parcelamento das férias em até três vezes, com pelo menos duas semanas consecutivas de trabalho entre uma dessas parcelas; pactuação do limite de 220 horas na jornada mensal; participação nos lucros e resultados; e jornada em deslocamento.

Outros direitos que podem ser negociados

– Intervalo entre jornadas (limite mínimo de 30 minutos); extensão de acordo coletivo após a expiração; entrada no Programa de Seguro-Emprego; plano de cargos e salários; troca do dia de feriado; banco de horas, garantido o acréscimo de 50% na hora extra; remuneração por produtividade; trabalho remoto; e registro de ponto.

Direitos que não podem ser negociados

– FGTS; 13º salário; seguro-desemprego e salário-família (benefícios previdenciários); remuneração da hora de 50% acima da hora normal; licença-maternidade de 120 dias; aviso prévio proporcional ao tempo de serviço, com o mínimo de 30 dias; e normas relativas à segurança e saúde do trabalhador.

Para ter validade, o acordo tem de ser feito entre sindicato da categoria e empresa, aprovado pela assembleia de trabalhadores. Os sindicatos poderão manter representações no local de trabalho e os dirigentes terão estabilidade no emprego. O projeto de lei precisa passar pela aprovação do Congresso Nacional para entrar em vigor.

Três mitos que impedem o lucro das empresas

Neste artigo, Dirlene Costa, vice-presidente Administrativo-Financeiro da MultiCrédito, revela três mitos frequentemente divulgados como atitudes fundamentais para o sucesso. Confira:

A conta é simples: receita menos despesa é igual a lucro ou prejuízo. Resolver essa fórmula pode parecer um exercício fácil, mas basta conversar com qualquer empreendedor para entender que, na verdade, se trata de um desafio a ser constantemente superado. Afinal, manter a lucratividade exige o equilíbrio completo de diversos fatores, como a quantidade de vendas, número de clientes, valor das despesas e investimentos para expansão.

No caminho para atingir esse objetivo, alguns empresários caem em armadilhas. Um exemplo é delegar a gestão financeira a terceiros e não buscar conhecimento sobre fluxo de caixa, balanços e relatórios. Como consequência, grande parte deles se decepciona com os resultados obtidos e fracassa na missão de manter os negócios de pé.

A falta de conhecimento sobre finanças é grave, mas não é a única atitude que pode trazer resultados ruins. Para ajudar os empreendedores a evitar erros e ter lucratividade no longo prazo, listo abaixo três mitos frequentemente divulgados como atitudes fundamentais para o sucesso – mas que, na verdade, podem facilitar o fracasso.

1. “Para ser lucrativo, basta vender muito”

É claro que vender é muito importante, mas apenas realizar vendas não é suficiente, pois a cada transação a empresa tem custos. Em muitos casos, o retorno da venda está sendo consumido pela operação (impostos, tarifas, taxas, deslocamentos, logística, aluguel, manutenção, funcionário, obrigações sociais etc.). Nesse sentido, fazer uma boa gestão de precificação e calibrar os custos diretos da empresa é fundamental para obter sucesso além das vendas. Lembre-se: o empresário deve focar sempre em vender, mas somente com o melhor custo e retorno.

 

2. “Quanto mais clientes tenho, mais lucro eu vou ter”

Ter uma carteira de clientes robusta é excelente, mas se eles não estão gerando lucratividade é preciso revisar o conceito. Em alguns casos, vale até dispensar clientes que estão comprometendo o equilíbrio e a sustentabilidade do negócio.

Defina o perfil do cliente do seu negócio e qual é a rentabilidade que ele precisa gerar a partir de cada compra. A partir disso, analise os atuais clientes e veja se estão gerando déficit ou lucro.

3. “Controlar cada centavo vai trazer mais lucro”

Focar apenas em controlar gastos pode levar o negócio à estagnação. O ponto não é deixar de gastar, mas investir com consciência, planejamento e retorno.

Quando for fazer um investimento, faça sempre duas perguntas que vão ajudar a definir indicadores de resultado: qual o meu ROI (retorno do investimento que estou fazendo)?; e qual o meu Payback (em qual prazo vou ter o retorno do que estou investindo)? Saber o retorno e o prazo que seu investimento tem ajuda o empresário a tomar as melhores decisões e alavancar o crescimento do negócio.

A grande verdade para conduzir um negócio lucrativo é buscar o equilíbrio e a gestão contínua das finanças. Todos os componentes precisam estar alinhados e ter gestão eficiente. Nesse sentido, cinco pilares são fundamentais para atingir o sucesso financeiro: geração crescente de receitas; gestão contínua de despesas; investimentos de qualidade com retorno mais rápido; menor custo fixo; e custo variável alinhado com o preço.

Clique aqui para acessar a publicação original.

23 anos da Exotics Informática

O mês de março marca o aniversário da Exotics Informática. Neste ano, completamos 23 anos de atividades.

Queremos aproveitar a data para resgatar um texto antigo escrito pelo Leandro Prusch – sócio e desenvolvedor dos sistemas Exotics – que conta um pouco da história da empresa, e, claro, para agradecer a confiança de nossos clientes e a parceria de nossos colaboradores ao longo desses anos.

Muito obrigado!

E boa leitura!

Começando pelo Início

Em 1994 o Brasil mudou, e muito.

Passamos do Cruzeiro para o Real, do Tri para o Tetra campeonato mundial, perdemos o Ayrton Senna e começamos a acessar a Internet, entre tantas outras mudanças.

Nesse cenário em ebulição, três guris recém-formados – eu, o Guilherme e o Alberto – começaram a Exotics Informática numa sala emprestada, dentro do escritório de advocacia do Dr. Almerindo Prusch – casualmente, meu pai –, no Centro de Porto Alegre. Era perto de tudo, e ótimo para sair a bater de porta em porta nos escritórios, oferecendo nosso primeiro programa, o Advoc 1.0, que era apenas um cadastro de processos que eu havia feito para o meu pai.

Saímos em busca de clientes, e, sem nos darmos conta, ao invés de clientes, conquistamos amigos. As pessoas que nos atendiam percebiam que os guris, apesar de meio atrapalhados, tinham, além de um bom programa, boas intenções, e isso nos abriu muitas portas. Sinto saudades das visitas aos clientes, de mostrar o programa, anotar ideias e voltar correndo para o escritório para fazer alterações no código. Sugestões dadas pelo Angelo Diehl, pelo Hélio Sant’Anna, pelo João Alfredo Mello Neto (in memoriam), pelo Adalberto Preis, e muitos outros, que ajudaram a definir o formato da ferramenta que iria se tornar essencial para todo advogado nos anos seguintes.

Ainda naquele ano, fizemos um outro programa, o Memorial, para cálculos de liquidação de sentença, e na frente do Foro Central, de terno e gravata, distribuímos panfletos. Vendeu que nem laranja na feira e nosso trabalho aumentou. Não dava mais para fazer tudo sozinho, contratamos uma estagiária, e já não cabíamos mais os quatro na sala ao mesmo tempo, então tivemos de nos mudar, para a Quintino Bandeira, onde permanecemos até o início de 2012.

Com o passar do tempo, fizemos outros programas, sempre na área jurídica, e lançamos novas versões do Advoc e do Memorial, acompanhando a evolução dos computadores desde o Windows 3.11, e também da própria internet, que era lenta e rudimentar e agora continua lenta mas ao menos é mais bonita, e nos permite acompanhar o andamento dos processos.

Também com o passar do tempo nossa lista de clientes aumentou, tivemos que contratar mais gente para nos ajudar, fomos paulatinamente alugando mais salas no prédio, e passamos a usar várias ferramentas para controle interno, atendimento a clientes, solução de bugs, e várias outras.

Eu vejo esse crescimento como um sintoma do bom trabalho, e não como um objetivo alcançado. Crescimento é bom, mas traz o risco da burocracia e da perda de foco nas intenções originais, o que infelizmente ocorre em quase todas as grandes empresas do país. Nosso objetivo é outro, e bem claro: continuar trabalhando, vendendo nossos programas e tendo orgulho deles. O orgulho que sentimos por cada programa é como aquele que o pai sente pelo filho que sai ao mundo. Cada elogio recebido de um cliente é música para nossos ouvidos, assim como uma sentença favorável o é para um advogado dedicado a sua causa.

De 1994 para cá, muita coisa mudou, mas na sua essência a Exotics continua a mesma, com profissionais programando para advogados, ajudando os advogados a utilizar a informática, ouvindo suas sugestões e aprimorando os programas. Mas agora, e já há algum tempo, entendemos que além do cliente, precisamos do amigo, que é quem vai continuar nos conduzindo pelo caminho do sucesso.

Este blog que você está lendo é mais uma evolução da internet, e através das mensagens que estamos postando aqui, juntamente com os comentários que eu espero que você faça, deixaremos registrado esse momento da vida de todos nós, amigos, clientes, colaboradores, que de alguma forma nos conectamos em torno da Exotics e de seus programas.

Leandro Prusch

8 frases de Albert Einstein que vão muito além da física

Albert Einstein dispensa apresentações. Além de suas descobertas e teorias, o ganhador do Nobel de Física deixou como contribuição frases que inspiram e lançam um novo olhar sobre a forma como vemos nossos talentos, ambições e conquistas.

Vamos a elas:

1. “Certamente minha carreira não foi determinada pela minha própria vontade, mas por inúmeros fatores sobre os quais não tenho nenhum controle.”

2. “Quando aceitamos nossos limites, conseguimos ir além deles.”

3. “A lógica vai levar você de A a B. A imaginação vai levar você para qualquer lugar.”

4. “Não conseguimos resolver um problema com base no mesmo raciocínio usado para criá-lo.”

5. “Uma pessoa que nunca cometeu um erro nunca experimentou nada novo.”

6. “A imaginação é mais importante do que o conhecimento. O conhecimento é limitado. A imaginação circunda o mundo.”

7. “Não tenho nenhum talento especial. Apenas sou apaixonadamente curioso.”

8. “Grandes mentes sempre sofreram a violenta oposição dos medíocres. Esses últimos não conseguem entender quando uma pessoa não se submete inconscientemente a preconceitos hereditários.”

Publicação baseada em matéria do Portal Exame.com.

5 razões para investir em tecnologia no controle de processos jurídicos

Cadernos, agendas, planilhas… No dia a dia de trabalho, buscar informações em arquivos, pesquisar os clientes em pastas e consultar os prazos em agendas interfere muito na produtividade. O desafio de controlar tantos aspectos aumenta ainda mais quando as tarefas são compartilhadas entre equipes.

Rotinas complexas são verdadeiras inimigas do bom rendimento e do funcionamento adequado de qualquer negócio. A boa notícia é que a tecnologia pode ser sua aliada para integrar todos os processos, atualizações e demandas do escritório ou departamento jurídico. Acompanhe:

1. Todas as informações em um só lugar, à sua disposição

Utilizar um software padroniza a inserção de informações e facilita o acesso às movimentações. O que antes era dividido entre aplicativos, pastas e papeis, fica concentrado no mesmo sistema. Pelo campo de busca, o usuário localiza rapidamente o que deseja. Com o Advoc, sistema da Exotics Informática para gerenciamento de processos, as atualizações podem ser visualizadas por todos os membros da equipe com acesso ao programa.

2. Software jurídico = tecnologia especializada

Sistemas genéricos, apesar da tecnologia empregada e dos recursos oferecidos, não atendem plenamente as necessidades dos advogados. Um programa específico representa a integração de todas as demandas. Caso do Advoc, ferramenta pensada desde a sua concepção para o gerenciamento total de escritórios e departamentos jurídicos.

3. São fáceis de usar

Sistemas de computação às vezes assustam e há a possibilidade de resistência na implantação de um método novo. Mas, como um sistema pensado para facilitar a rotina, sua interface é amigável e fácil de usar. O programa armazena e controla, o usuário advoga. Além disso, ao adquirir o Advoc, por exemplo, o escritório recebe um manual de uso da ferramenta e conta com a possibilidade de treinamento presencial ou online. Com poucos dias de uso, o software estará totalmente inserido na rotina de trabalho.

4. Adaptado à necessidade de seu escritório

O software é flexível. O usuário determina os campos principais, define os acessos, personaliza a geração de documentos e relatórios. Em resumo, softwares como o Advoc preparam o seu escritório para crescer ainda mais.

5. Segurança no armazenamento das informações

A segurança é contemplada em diversos aspectos. No sistema, o usuário cria diferentes níveis de acesso às informações cadastradas. Também pode determinar quem está autorizado a visualizar, alterar ou atualizar os dados. O Advoc oferece, além dos filtros de acesso, a realização rápida e fácil de cópias de segurança. Dessa forma, os dados estarão salvos caso ocorra qualquer problema ou falha no servidor onde está instalado o programa.

Para mais informações sobre o sistema de controle e gerenciamento de processos da Exotics, entre em contato pelo telefone (51) 3028.4520 ou pelo e-mail info@exotics.com.br.

Conheça as vantagens do recurso Controle de Débitos

Presente no Memorial 8 – sistema que também executa cálculos de atualização monetária, liquidação de sentenças e revisão de financiamentos – o recurso Controle de Débitos gerencia parcelas a receber ou a pagar.

De acordo com os termos acordados entre as partes, o programa atualiza o débito a partir da data em que a dívida foi contraída até seu vencimento, apurando o valor a pagar. Em caso de atraso, aplica os juros de mora e multa correspondentes.

Caso o valor pago seja inferior ao montante da dívida na ocasião do pagamento, o Memorial também apura a diferença. A critério do usuário, essa diferença pode ser desconsiderada ou constituir um novo valor a pagar. Se o pagamento for parcelado, cada parcela será atualizada até sua respectiva data de vencimento.

À medida que as parcelas forem quitadas, o Memorial apura o saldo atualizado da dívida até sua efetiva liquidação.

Ficou com alguma dúvida ou quer saber mais sobre o sistema?

Fale com a gente: info@exotics.com.br e (51) 3028.4520